Mercurius e Fujita lançam empreendimento sustentável

SUSTENTABILIDADE

Mercurius e Fujita lançam empreendimento sustentável

Com energia solar, reuso de água e certificação de qualidade, o Paço Portugal deve economizar entre 20 e 30%.

 

A Mercurius Engenharia​ e a Fujita Engenharia lançaram no último dia 16 de abril o Paço Portug​al para mais de 200 corretores. Com 214 salas, duas lojas, auditório para 100 pessoas, salas de reunião com paredes retráteis, bar café, lounge e heliponto, o ​empreendimento vem com conceito diferenciado, valorizando a torre única, localização única e design atemporal. O Paço Portugal já está em processo de certificação com Leadership in Energy and Environmental Design (LEED), concedido pelo US Green Building Council (USGBC) para edificações que atestam a adoção de conceitos de sustentabilidade.

 

“Com a implementação das estratégias de indicadas na certificação, o prédio irá gerar uma economia entre 20 a 30% no consumo de água e energia”, explica o diretor da Mercurius Engenharia, Dante Bonorandi. Dentre as ações estão: reaproveitamento de água da chuva e dos ar-condicionados que será utilizado para abastecer os vasos sanitários, energia solar com a instalação de placas fotovoltaicas em um espaço de 60 m², que serão responsáveis pela produção de 1% do consumo do empreendimento, cerca de 11.000W/mês.

 

Com 3.332,02m² de terreno, e mais de 22 mil m² de área construída, além de mais de 8 mil m² de estacionamento, o empreendimento terá 487 vagas de estacionamento, sendo algumas vagas solidárias, outras para carros híbridos, além da novidade das vagas mecânicas com manobristas no subsolo.

 

Vindo com o conceito de inovador, o empreendimento irá implantar um sistema de controle de utilidades que monitora em tempo real os medidores de energia, níveis dos reservatórios e recursos hídricos. Segundo o gestor da obra do Paço Portugal, Sindeaux Filho, “com esse sistema evitamos gastos acima do necessário, pois a luz e a água pode ser fechada pelo computador automaticamente”, explica. Esse sistema garante a proteção e combate a incêndios com a extração de CO2 em todos os subsolos.

 

Um dos pontos da LEED é a existência da eficiência energética, que será feita através da boa iluminação das salas, aproveitando o máximo possível a luz natural, com vidros de auto-rendimento, que evitam a entrada de raios UV, e o calor. Existe ainda a renovação do ar feita através de uma máquina instalada no prédio que retira o ar poluído e troca por um puro periodicamente em todas as salas. Segundo Sindeaux Filho, “estima-se uma redução de 30% nas faltas dos funcionários por causa de problemas respiratórios”, afirma.

 
Quem pensa grande pensa Mercurius
           

Matriz
R. Rodrigues Júnior, 30, Centro - Fortaleza, CE
Telefone: (85) 3388-5500

Filial
Salvador, BA